Quarta, 20 Janeiro 2016 15:46

Lifting Facial: A cirurgia acaba com a flacidez e as rugas do rosto

Escrito por  Equipe de Gestão de Mídias Sociais - Pegasus Web Sulution
Avalie este item
(0 votos)

Lifting facial é a cirurgia plástica da face para rejuvenescer. A técnica promove um levantamento do rosto, ameniza consideravelmente os vincos, eliminar rugas, flacidez, remover o excesso de pele e resgata e aprimora os contornos faciais.

Há algum tempo, era muito comum ouvirmos o comentário de que alguém teria feito "plástica no rosto". Depois, veio a tecnologia e novas descobertas da medicina que mudaram a expressão para "fez só um lifting". Afinal, o que mudou? Na verdade, a cirurgia de rosto e o Lifting Facial são a mesma coisa. "O que mudou foi a técnica. Antigamente, só a pele era esticada, oferecendo um resultado artificial. Hoje, é feito um reposicionamento da musculatura e é retirado apenas o excesso de pele que sobra desse procedimento – o resultado é mais natural e duradouro.

Lifting Facial é uma cirurgia de rejuvenescimento da face, feita através do reposicionamento da pele e de estruturas profundas do rosto (como gordura e estruturas musculares), que devolve a harmonia perdida com o envelhecimento". Longe de ser uma "puxadinha despretenciosa"

O Lifting Facial é um tratamento estética para a retirada de rugas e flacidez. Esse procedimento pode corrigir diferentes imperfeições e pode ser aplicado em uma ou mais partes do rosto. Há quem deseje, por exemplo, corrigir apenas a testa, que com o passar do tempo pode ficar flácida, fazendo assim com que a sobrancelha também fique para baixo. Em caso de excesso de rugas em toda a face, o lifting pode ser aplicado em todo o rosto.

O Lifting Facial  é uma cirurgia plástica, e não um tratamento com cremes, como muitos pensam. Muitos acham que o lifting é parecido com o peeling, tratamento com aparelhos e não invasivo.

O tratamento de Lifting Facial traz uma nova aparência ao individuo e pode ser feito em homens e mulheres de diferentes idades. É indicado para quem deseja se livrar das rugas que aparecem com a idade. A maioria dos paciente tem mais de 50 anos, onde as rugas aparecem com maior intensidade. Aos 60 então elas não perdoam e aparecem com maior intensidade. Toda essa pele caída, como pode ser chamada, é puxada com a ajuda do lifting, tendo como resultado uma pele lisa e sem nenhuma imperfeição.

Para esse tipo de procedimento, é aplicada uma anestesia local e o paciente é sedado para que durma durante a cirurgia. Dependendo do método escolhido, não há cicatrizes aparentes. Os cortes ficam escondidos no couro cabeludo, atrás das orelhas e em outras partes escondidas da cabeça.

Muitas pessoas perguntam sobre como funciona o Lifting Facial. Os tecidos subjacentes abaixo da pele são posicionados para adicionar volume em áreas depressivas resultando assim numa aparência mais suave e natural.

Anestesia
O Lifting Facial – pode ser feito com anestesia geral ou local com sedação, vai depender do médico e da indicação da paciente. A maioria é feita com anestesia local e sedação. Mas alguns fatores podem levar à decisão de uma anestesia geral como, por exemplo, a preferência do cirurgião e/ou do anestesista e também da paciente, tempo de demora da cirurgia, idade do paciente, a existência de alguma doença pulmonar, e os pacientes muito ansiosos que possam dificultar a sedação.

Pós-operatório
Em grande parte, vai depender da reação do organismo da paciente, isto é, capacidade de cicatrização, de formar hematomas e tendência ao inchaço. Portanto, o tempo de retorno às atividades normais varia de acordo com cada um. Outro fator importante, que vai determinar o pós-operatório, é o grau de flacidez da pele e, por isso, como foi realizada a cirurgia. O cirurgião pode indicar um "soft lifting", onde é realizado o botox e o preenchimento juntos com complemento de um pequeno Lifting Facial para a retirada do excesso de pele; ou um lifting mais agressivo.

A avaliação sobre cada caso é individual e muitas vezes a própria. De um modo geral, os especialistas consideram razoável um tempo de reclusão de duas a três semanas, sendo possível retomar a rotina depois deste período. A liberação para dirigir, tomar sol e praticar exercício físico vai depender da avaliação de cada médico.

Quem pode Fazer
O momento certo para fazer um lifting facial está relacionado à qualidade da pele, não da faixa etária. A indicação acontece a partir de um conjunto de fatores, flacidez avançada, pele muito exposta ao sol sem proteção e pacientes fumantes. Há pacientes de 50 anos que se cuidaram tanto que nem têm indicação para cirurgia. Cada caso precisa ser analisado por um médico.

Em algumas situações como, por exemplo, bochechas muito flácidas, vinco nasogeniano proeminente, bolsas volumosas na região das olheiras, excesso de pele na região da pálpebra superior, falta do contorno da região mandibular e flacidez do pescoço, um lifting facial completo é a melhor indicação.

Ler 1960 vezes

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Atendimento

Dr. Fernando Carvalho

Fixo: (21) 2492-1432 | (21) 3506-3350 
 WhatsApp: +55 (21) 99528-5640


CLÍNICA MÉDICA EM COPACABANA
Avenida Nossa Senhora de Copacabana 783 - 3º andar - Copacabana, Rio de Janeiro, RJ