Quarta, 27 Janeiro 2016 15:19

Cirurgia de Pálpebra - Como é feita a cirurgia para correção da pálpebra caída.

Escrito por  Equipe de Gestão de Mídias Sociais - Pegasus Web Sulution
Avalie este item
(0 votos)

A Cirurgia da Pálpebra, cujo nome técnico e Blefaroplastia é um procedimento de cirurgia plástica criado para corrigir estes problemas, estéticos e funcionais.

Existe uma diferença entre a queda da pálpebra superior e o acúmulo de pele sobre os olhos. Enquanto o primeiro problema, chamado de ptose palpebral, pode ser congênito ou adquirido por meio de trauma ou cirurgia nos olhos e é caracterizado pela impossibilidade de levantar a pálpebra, o segundo está relacionado à idade avançada e é causado pela perda de elasticidade e rigidez da pele, que torna evidente a bolsa de gordura que temos ao redor dos olhos.

Apesar de terem causas distintas, ambas as condições têm efeitos estéticos parecidos (a aparência de “olhos caídos”) e só podem ser reparadas por meio de cirurgia plástica. Se não for corrigida, a ptose palpebral pode causar problemas de visão e até cegueira. Já o acúmulo de pele na pálpebra é, geralmente, um problema puramente estético. Porém, em alguns casos, o paciente traciona tanto a musculatura da testa, na tentativa de levantar a pálpebra e enxergar melhor, que acaba desenvolvendo dores de cabeça.

Cirurgia de Pálpebras

No caso da ptose palpebral, a cirurgia depende da gravidade do problema. Pode ser feito tanto o encurtamento muscular, que irá facilitar a levantada da pálpebra, quanto o implante de uma prótese fixa de silicone na testa para sustentar a pálpebra.

Já para a correção do acúmulo de pele na palpebra, o procedimento consiste na retirada e reposicionamento da gordura, que será realocada onde estava antes, e na remoção do excesso de pele. Muitas vezes, a pele da testa também fica flácida e cai, acentuando o problema. Quando desejado pelo paciente e indicado pelo médico, fazemos também o levantamento desta região.

O pós-operatório é tranquilo. O paciente não sente dor, mas o olho fica inchado e roxo. Algumas vezes, há a sensação de olho seco. Qualquer cirurgia plástica requer, pelo menos, seis meses de recuperação. Porém, a partir de um mês, o paciente já está bem.

Acúmulo de pele e gordura nas pálpebras é normal com o avançar da idade, o risco de o problema voltar existe nos dois casos. Quando há a sobra de pele, 10 anos após a cirurgia a condição certamente irá reaparecer, porém em um grau menor. Já a ptose pode reincidir caso haja outro trauma ou problema de saúde que cause o problema.

O que acontece durante a cirurgia de pálpebra?
1 - Anestesia
Medicamentos são administrados para o seu conforto durante o procedimento cirúrgico. As opções incluem sedação intravenosa ou anestesia geral.

2 – Incisão
As linhas de incisão da cirurgia de pálpebra são planejadas para deixar as cicatrizes bem escondidas dentro das estruturas naturais da região das pálpebras. A queda da pálpebra superior pode ser corrigida através de uma incisão na prega da pálpebra superior, permitindo o reposicionamento dos depósitos de gordura, a contração dos músculos e dos tecidos, e/ou a remoção do excesso de pele. A pálpebra inferior pode ser corrigida com uma incisão logo abaixo da linha inferior do cílio. Através desta incisão, o excesso de pele nas pálpebras inferiores é removido.

3 – Fechando as incisões
Incisões na pálpebra normalmente são fechadas com Suturas removíveis ou absorvíveis ou adesivos de pele. Além disso, o cirurgião pode usar um peeling químico ou laser para remover a coloração escura das pálpebras inferiores.

4 – Resultados
Os resultados da cirurgia de pálpebras irão aparecer gradualmente à medida que o inchaço e os hematomas diminuem.

Ler 4103 vezes

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Atendimento

Dr. Fernando Carvalho

Fixo: (21) 2492-1432 | (21) 3506-3350 
 WhatsApp: +55 (21) 99528-5640


CLÍNICA MÉDICA EM COPACABANA
Avenida Nossa Senhora de Copacabana 783 - 3º andar - Copacabana, Rio de Janeiro, RJ