Sexta, 17 Julho 2020 13:43

Hipertensão Arterial - Costuma ser silenciosa e ameaça o coração

Escrito por Equipe de Gestão de Mídias Sociais Corpo Informa
Avalie este item
(0 votos)

hipertensão arterial é, na maior parte do seu curso, assintomática e os sinais de alerta muitas vezes não são percebidos, implicando na dificuldade de diagnóstico precoce...

A hipertensão arterial conhecida popularmente como pressão alta é uma doença crônica caracterizada pelos níveis elevados da pressão sanguínea nas artérias. Ela acontece quando os valores das pressões máxima e mínima são iguais ou ultrapassam os 120/80 mmHg (ou 12 por 8).

A hipertensão arterial é, na maior parte do seu curso, assintomática, por isso falamos que ela costuma ser silenciosa, e os sinais de alerta muitas vezes não são percebidos, implicando na dificuldade de diagnóstico precoce.

Os sintomas da hipertensão costumam aparecer somente quando a pressão sobe muito. Podem ocorrer dor no peito, dor de cabeça, tonturas, zumbido no ouvido, fraqueza, visão embaçada e sangramento nasal.

Porém como esses sintomas são comuns em outras condições de saúde, uma correta avaliação de um profissional de saúde é fundamental para o diagnóstico.

Apesar do fácil acesso a equipamentos de medição de pressão, o diagnóstico e as orientações de tratamento devem ser sempre feitos pelo médico, que é habilitado para identificar o grau da hipertensão e outros fatores associados que devem ser considerados para tratar as alterações de pressão.

Quando não tratada, a hipertensão pode trazer sérios riscos à saúde, afetando órgãos importantes como cérebro, coração e rim e causando doenças como insuficiência cardíaca, acidente vascular cerebral (AVC) e insuficiência renal.

Por isso, o controle dos níveis de pressão arterial e a adoção de hábitos saudáveis – alimentação balanceada, exercícios físicos regulares, cessação do tabagismo e redução do consumo de álcool, são fundamentais para a saúde.

Ler 463 vezes

Itens relacionados (por marcador)

Leia Também