SUA SAÚDE É A NOSSA PRIORIDADE

Dr. Fabio Ventura - Urologista

Tangará da Serra - Mato Grosso - MT

QUANDO PROCURAR O

Urologista?

Apesar de ser conhecido como “médico de homem”, o urologista é responsável por realizar diagnósticos e tratar problemas relacionados ao sistema urinário (bexiga e os rins, e canais, como a uretra e os ureteres) tanto de homens quanto de mulheres e crianças.

O urologista também é habilitado para cuidar do sistema reprodutor masculino, que inclui a próstata, testículo, pênis, vesículas seminais, ductos deferentes e epidídimos. Bem como é responsável por realizar diagnósticos e tratar problemas relacionados às adrenais, também chamadas de glândulas suprarrenais, que produzem hormônios importantes como a adrenalina e o cortisol.

Para se tornar um urologista são precisos seis anos de formação em medicina, dois em cirurgia geral e mais três em urologia.

Os órgãos estudados pelos urologistas incluem os rins, ureteres, bexiga urinária, uretra e os órgãos do sistema reprodutor masculino.

Especializações

Urológicas

Conheça as principais especialidades de atendimento.
Entre em contato para saber mais sobre o seu caso.

Andrologia

Trata do sistema reprodutor masculino, função sexual e regulação de hormônios: infertilidade, disfunção erétil, ejaculação precoce etc.

Uroginecologia

Trata dos problemas urológicos que acometem as mulheres tais como incontinência urinária, cistite e infecções urinárias.

Urologia Pediátrica

É a urologia aplicada à criança. Atende a problemas de fimose, tumor de Wilms, enurese noturna, criptorquidismo, entre outros.

Uroneurologia

Responsável pelas patologias do trato urinário consequentes de distúrbios neurológicos congênitos ou adquiridos.

Endourologia

É o tratamento das patologias urológicas por via endoscópica sem necessidade de grandes incisões. 

DSTs

Trata das doenças sexualmente transmissíveis, como gonorreia, sífilis, herpes, verrugas genitais etc.

Transplante Renal

É a mais completa alternativa de substituição da função renal para os pacientes que sofrem de doença renal crônica avançada.

Uro-oncologia

Trata dos tumores urológicos, tais como câncer de próstata, câncer de bexiga, câncer de testículo, câncer de pênis entre outros

Indicações:

Doenças Tratadas pelo Urologista

Entre os problemas que podem acometer tanto homens quanto mulheres em todas as idades estão:
  • Cálculo Renal - as famosas pedras no rim

    A litíase renal é um problema de saúde muito frequente em nossa população, afetando desde crianças até idosos e pessoas de ambos os sexos. O diagnóstico normalmente é feito através de exames de rotina ou devido a um episódio de “cólica renal”, uma dor muito intensa que não melhora com os remédios para dor mais comuns, podendo vir acompanhada ou não de vômitos.

    Apesar do primeiro episódio de dor acontecer na maioria dos casos no final da adolescência e início da vida adulta esta possibilidade não pode ser descartada em pessoas de idade mais avançada que nunca apresentaram o quadro.

    A localização da dor vai depender da posição do cálculo no trato urinário e pode ir desde uma dor na região lombar até mesmo uma dor testicular ou na região genital feminina.Outros sintomas mais raros dos cálculos renais podem incluir sangramento na urina e até retenção urinária.

    Os cálculos renais são formados pelo excesso de alguns elementos na urina como cálcio, ácido úrico e oxalato, por exemplo, levando a formação de cristais que a seguir se unem para formar os cálculos, uma massa sólida, como uma pedra.

    Importante salientar que quando um paciente apresenta um cálculo renal, as chances de apresentar novamente o problema podem chegar a 90% por isso a importância de manterem um acompanhamento regular com um urologista visando prevenir este problema com medidas simples como mudanças alimentares e no estilo de vida além de exames de imagem periódicos.

    O tratamento dos cálculos renais é simples mas diversificado e inclui desde tratamento com medicamentos e orientações nutricionais, até cirurgias que incluem métodos modernos como utilização de laser e a vídeolaparoscopia.

    Se você sente ou já senti esses sintomas, já teve cálculos renais no passado ou tem casos na família, procure um urologista para fazer uma investigação detalhada. Os cálculos renais se diagnosticados em estágios iniciais são resolvidos de maneira muito mais simples, por vezes até se evitando uma cirurgia.

  • DSTs - Doenças Sexualmente Transmissíveis
  • Infecções Urinárias, como a Cistite e a Pielonefrite
  • Incontinência Urinária
  • Bexiga Hiperativa (HPB)
  • Infertilidade Masculina

    A infertilidade afeta 15% dos casais pelo mundo, e a infertilidade masculina é responsável por cerca de 40% desses casos, diferentemente do que se pensou por muito tempo.

    Existem sintomas relacionados e exames que identificam a infertilidade masculina, por isso é importante buscar auxílio médico quando notar alguma alteração.

    Os fatores que levam o homem à infertilidade podem ser divididos em: pré-testiculares (genético, hormonal), testiculares (varicocele, infeccioso, criptorquidia) e pós-testiculares (obstrutivos, imunológicos). 

    Vamos entender um pouco mais sobre cada um deles.

    Pré-testiculares
    Hormonal: alterações hormonais são comuns no organismo, mas o ciclo hormonal em desequilíbrio pode levar a falhas e até à não produção espermática. É encontrada em 5% dos casos.

    Genético: algumas condições genéticas também podem levar à infertilidade e este fator está presente em cerca de 5% dos casos.

    Testiculares
    Varicocele: consiste na dilatação anormal das veias espermáticas. É a causa mais comum de infertilidade masculina, encontrada em cerca de 20% a 40% dos casos.

    Infeccioso: geralmente é causada por infecções sexualmente transmissíveis (IST), pois causam inflamação nos genitais internos, que, por sua vez, pode levar a complicações e infertilidade. É encontrada em cerca de 15% dos casos.

    Criptorquidia: anomalia definida como ausência do testículo na bolsa escrotal em decorrência da não descida do testículo para o escroto. Apresenta uma prevalência de 5% a 10% dos casos de infertilidade masculina.

    Pós-testicular
    Obstrutivos: o fator obstrutivo pode ocorrer devido ao não desenvolvimento dos ductos deferentes — canais que permitem o transporte dos espermatozoides do testículo à uretra.

    Também pode ser consequência de processos inflamatórios e/ou infecciosos e impedem a ejaculação dos espermatozoides. Ocorre em cerca de 10% dos casos de infertilidade.

    Imunológicos: os espermatozoides são capazes de produzir anticorpos antiespermatozoides, mas em virtude de proteções esses anticorpos não afetam a fertilidade.

    No entanto, algumas condições, como traumas e infecções, podem liberar esses anticorpos, que são capazes de afetar o espermatozoide e prejudicar a fecundação.

    Embora as causas desse tipo de infertilidade ainda sejam desconhecidas, ocorre em cerca de 5% dos casos de infertilidade.

  • Ejaculação Precoce
  • Impotência Sexual - Disfunção Erétil
  • Doenças da Próstata
  • Fimose

Formação

Dr. Fabio Ventura - Urologista

Graduação em Medicina na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – UNIRIO

Residência Médica em Urologia no Hospital Federal Cardoso Fontes – RJ

Especialização em Cirurgia Urológica Minimamente Invasiva no Hospital Sirio Libanes em São Paulo, com ênfase em Cirurgia Laparoscópica

Galeria de Vídeos

Loading...

Entre em Contato

Agende uma Avaliação

(21) 991995551 (watsapp)

Localização:

Tangará da Serra - Mato Grosso - MT

Horário de Atendimento

A combinar

Atendimentos Online

Entenda como funciona
ATENDIMENTO SOMENTE NESSES HORÁRIOS:
Terças Feiras > das 9:00 às 15:00
Quintas Feiras > das 14:00 às 19:00

Dr. Fabio Ventura - Urologista atende em
TANGARÁ DA SERRA - MATO GROSSO - MT

Copyright © 2011 corpoinforma.com - Todos os direitos Reservados. 
Design & Desenvolvimento - Andrômeda Web Marketing
Logo Corpo Informa